5 Dicas para viajar com animais de estimação

Passar as férias com o pet será uma delícia, se você levar em conta estas dicas

viagem pet friendly

Os animais de estimação foram alçados ao posto de membros da família, e como tal estão presentes ao nosso lado em todos os momentos. E diante dessa mudança, por que não acrescentar nossos bichinhos aos momentos mais divertidos – as nossas viagens – e aproveitando esse tempo em família? Quem dá as dicas é a bióloga brasiliense Carolina Carvalho.

Seja na praia, seja no interior ou tendo a ideia de escalar montanhas, sempre organizamos nossas férias com muito cuidado e felizmente nossos bichinhos, além de adorados por nós, também já estão ganhando espaços nos mais diversos estabelecimentos ao redor do mundo.

Atualmente já encontramos na rede hoteleira diversos estabelecimentos que aceitam nossos amados peludos como hóspedes e até os enchem de mimos, como petiscos especiais ou caminhas exclusivas! Em alguns desses estabelecimentos pet friendly existem até áreas para recreação para gatos e cachorros. 

Entretanto, para que consigamos aproveitar todas essas vantagens, é necessário garantir a segurança de nossos bichos e também de todas as pessoas com quem eles se irão encontrar no meio do caminho. E para isso, nada melhor do que se ater às primeiras dicas para deixar a viagem muito mais divertida e segura para nós e nossos bichinhos!

Inicialmente é necessário um planejamento detalhado para que sua viagem transcorra sem problemas e que os bichinhos também aproveitem todo o período. Aqui listamos algumas dicas para que você planeje bem  a sua pet viagem.

Como viajar com o pet

Defina inicialmente se sua viagem acontecerá dentro ou fora do país, pois cada destino apresentará características específicas.

A saúde do seu bichinho em primeiro lugar

Alguns países apresentam diversas exigências sanitárias para ingresso dos animais de estimação e exigem documentação específica, cuja confecção e liberação pode levar muitos meses. É sempre bom verificar junto ao veterinário de sua confiança –  e que conheça o seu animal – quais são os documentos necessários para entrada em outro país. É imprescindível que os registros de vacinação estejam atualizados. Lembre-se de ter a referência de algum veterinário no local para onde deseja viajar, assim surpresas indesejáveis poderão ser evitadas. Não esqueça de pedir também ao veterinário remédios para enjoos, tranquilizantes e remédios específicos para evitar infestações de carrapatos e pulgas, por exemplo.  Outra dica importante: verifique a opção de implantar um microchip no seu bichinho. A maioria dos países exige essa forma de identificação e não esqueça de registrar suas informações em um banco de dados. Se você pretende levar um bichinho do exterior ao Brasil, veja esta página.

Viagem aérea ou terrestre?

pet friendly travel

Animais também podem ficar ansiosos com novas situações, por isso é importante iniciar o animal em viagens com trajetos curtos. É importante acostumar o bichinho e caso não seja possível uma adaptação por um período de tempo razoável, verifique com o veterinário qual a melhor forma de levar o pet por via terrestre. Lembre-se de fazer algumas paradas para que o transporte não cause nenhum estresse exagerado no animal. Não esqueça também dos cintos de segurança para os animais e um protetor de estofado.

Caso a viagem seja por via aérea, procure informações na companhia que lhe atenderá. Neste link você encontra as normas da Latam e se está em Portugal, leia isto. Algumas companhias aéreas do Brasil já aceitam animais na cabine, desde que esses atendam algumas exigências como o peso do bicho somado ao peso e tamanho da caixa de transporte. Caso seu bichinho não se enquadre nas características necessárias, procure organizar em tempo hábil uma caixa de transporte que atenda os seguintes pontos: o animal deve conseguir se levantar, virar-se e deitar-se confortavelmente. E também faça com que o animal se acostume em tempo hábil com a caixa de transporte.

Seu pet bem alimentado

Independentemente do tipo de viagem sempre leve comida suficiente para pelo menos um pouco mais do que o previsto para a duração da viagem. É interessante levar as porções em potes ou bolsas próprias, de maneira que já estejam prontos para servir. Isso facilitará bastante as coisas. Leve também água em abundância, para não ser pego de surpresa caso ocorra algum imprevisto.

O que não pode faltar na bagagem do bichinho

Não são somente as suas malas que deverão ser organizadas, alguns itens são obrigatórios para montar a bagagem do seu animal:

  • Kit de primeiros socorros
  • Medicamentos
  • Certificado de vacinação e atestado de saúde (ou Certificado sanitário)
  • Telefone do seu médico veterinário de confiança e também de uma clínica 24hs no local de destino da viagem
  • Itens para higiene (shampoo, toalhas, escova e pasta de dentes)
  • Tapete higiênico ou jornal (se o pet estiver habituado)
  • Etiqueta de identificação
  • Proteção contra pulgas e carrapatos (poderá ser aplicado antes da viagem)
  • Guia e coleira
  • Fotografia (para o caso de o animal se perder)
  • Reservatórios para água e comida
  • Brinquedos preferidos
  • Saquinhos para recolher dejetos

Hotel pet-friendly? Claro que sim

pet friendly travel

Quando decidir o seu destino procure por hoteis pet-friendly e não esqueça de confirmar no momento da reserva se seu pet é bem-vindo ao estabelecimento. Conheça a política de hospedagem para saber exatamente onde seu animal poderá circular, onde não poderá permanecer e onde poderá fazer as necessidades.

As hospedagens pet friendly, apesar de se sentirem bem por receber como hóspede o seu bichinho, não permitem que os animais durmam na mesma cama ou utilizem as toalhas do estabelecimento, por isso não esqueça de fazer a malinha com todos os itens que permitirão que o seu pet tenha uma noite tranquila.

Procure saber também informações sobre a acomodação: se há espaço suficiente, o andar em que ficarão hospedados, qual o meio de locomoção: escadas ou elevadores? Isso facilitará a logística e o planejamento de sua viagem.  

Procure estabelecimentos reconhecidos como pet friendly. No buscador de hotéis do Trip Trip Now, você pode filtrar apenas estabelecimentos que permitam animais (“Pets allowed”).

Há estabelecimentos que atendem os animais de estimação através de pequenos mimos como um kit de boas-vindas e um programa especialmente elaborado para os pets. A disponibilidade em encontrar soluções alternativas para satisfazer as necessidades da dupla “pet e dono” são critérios que colocam à prova o nível de aceitação animal do estabelecimento.

Com essas informações você já sabe quais os pontos essenciais para levar seu filhote para qualquer destino com você!

*** Carolina Carvalho é bióloga e feliz mamá dos cães Zeca e Madalena, além do gato Francis.

pet friendly Carol